sábado, 6 de junho de 2009

Pelas bandas do Uruguai (III)

Puro Verso! Povo letrado é outra coisa. E os uruguaios o são!Os jornais são diferentes, porque priorizam a interpretação do fato e não economizam texto; a televisão é menos suscetível às novidades decorrentes da inovação da tecnologia - perto dos nossos, os telejornais e as publicidades deles são qualquer coisa do século passado -, e o mercado da produção editorial é o máximo! Livrarias não faltam e ficam abertas à noite, num irresistível convite a entrar. E foi numa dessas esquinas da 18 de julho, uma das avenidas centrais de Montevidéo, que me perdi na universo de livros da Puro Verso.
Um sobrado colonial que perdera as paredes internas e parte do teto para um mesanino sustentado por cabos de aço, cujo acesso se dá por uma escada de navio. Patreleiras com livros sobem até o teto nos dois andares, ladeadas por confortáveis poltronas. Sim, você pode sentar e ler até cansar, embalada por um jazz de primeira linha ao fundo. Depois decide se leva ou não o livro. As janelas foram mantidas, mas se transformaram em grandes vitrines: de livros, é claro. E ali se passeia por todo o mundo, das artes ao conhecimento mais complexo.
De Marx a Obama sem esquecer o Chê; de Ulisses a Benedetti - recém falecido e ícone uruguaio -; das wicas a Buda, passando por Cristo, Celtas, Maias. Religiões todas e também manifestações culturais como o Candomblé - se lê candômblè, e um elemento fortíssimo na cultural uruguaia, traduzida num carnaval típico e marcante no Mercado do Porto. Pode-se encontrar as últimas (e as primeiras) edições sobre cinema, artes plásticas, fotografia, literatura, política...e tudo o mais que couber no seu bolso. Eu sabia que não poderia ficar muito tempo ali. Não queria subir as escadas, mas o olho bateu numa prateleira enorme com letras garrafais e hipnóticas feito neón : comunicação.
Quando me dei por conta estava diante dela.
O cartão de crédito agradeceu; o dono do estabelecimento, um gentleman e satisfeito livreiro, também! PS: Claaaro que as fotos são da Tássia.

Marcadores:

1 Comentários:

Blogger tássia disse...

Já seria motivo suficiente pra gente querer ir morar lá. Além das livrarias que ficam abertas até meia-noite, tem vááários cinemas e teatros.
ai ai... montevideo... ai ai

7.6.09  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial












A chic é Rosana
Não usa pretinho
pra não dar pinta





Denis
coluna tranqüila
e coração ereto






Tássia
pin up e lambe-lambe
Lambe cria






Dorotéia
só escreve em italic







Paula Bolzan






Nívea Bona
Marca compasso
Vem pro abraço






Marina Victal
Mineira apresenta armas
Espada em punho








Melhores de 2008
Em 2009 eu vou...
Melhores de 2009
Em 2010 eu vou...
Melhores de 2010
Em 2011 eu vou...
Melhores de 2011
Em 2012 eu vou...
Melhores de 2012
Em 2013 eu vou...
Enviado Divino
Meu Primeiro Professor









    I Clichê


    II Clichê


    III Clichê


    IV Clichê


    V Clichê


    VI Clichê




      Assinar
      Postagens [Atom]