quarta-feira, 24 de junho de 2009

Cecília Meireles...em tempos sombrios

Jornal, longe Que faremos destes jornais, com telegramas, notícias, anúncios, fotografias, opiniões...? Caem as folhas secas sobre os longos relatos de guerra: e o sol empalidece suas letras infinitas. Que faremos destes jornais, longe do mundo e dos homens? Este recado de loucura perde o sentido entre a terra e o céu. De dia, lemos na flor que nasce e na abelha que voa; de noite, nas grandes estrelas, e no aroma do campo serenado. Aqui, toda a vizinhança proclama convicta: "Os jornais servem para fazer embrulhos". E é uma das raras vezes em que todos estão de acordo. ( in 'Mar Absoluto' )

Marcadores:

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial












A chic é Rosana
Não usa pretinho
pra não dar pinta





Denis
coluna tranqüila
e coração ereto






Tássia
pin up e lambe-lambe
Lambe cria






Dorotéia
só escreve em italic







Paula Bolzan






Nívea Bona
Marca compasso
Vem pro abraço






Marina Victal
Mineira apresenta armas
Espada em punho








Melhores de 2008
Em 2009 eu vou...
Melhores de 2009
Em 2010 eu vou...
Melhores de 2010
Em 2011 eu vou...
Melhores de 2011
Em 2012 eu vou...
Melhores de 2012
Em 2013 eu vou...
Enviado Divino
Meu Primeiro Professor









    I Clichê


    II Clichê


    III Clichê


    IV Clichê


    V Clichê


    VI Clichê




      Assinar
      Postagens [Atom]