terça-feira, 21 de julho de 2009

Sobre anjos & demônios

o é sobre o best-seller de Dan Brown que vou escrever. Esses dias, na fila do caixa rápido no supermercado, ouvi duas comadres conversando sobre um assunto que desde pequena me chama atenção: os anjos da guarda. Sempre fui boa de ouvido -principalmente para captar conversas soltas de pessoas que encontro na rua e sequer conheço. Isso ocorre devido a uma certa sensibilidade auditiva, já identificada pelo médico otorrino. Digamos que a audição é o meu sentido mais aguçado: ouço um pouco acima da média. E lá estavam as duas senhoras amigas, com suas respectivas cestinhas com poucos volumes, posicionadas atrás de mim, aguardando a vez de serem atendidas. - Minha neta está ótima. Está naquela fase em que temos que ensinar tudo. -- Ahhhh é. Essa fase é ótima. Os meus já estão grandes. - Pois essa semana ensinei a ela que não pode dormir pelada. Deitar sem roupa faz mal. Tem que se resguardar desde pequena. -- É. Isso é uma coisa que minha avó, naqueles tempos, me ensinou desde pequena também. A gente fica desprotegido. - Não é o que, minina... o anjo da guarda se afasta e o demônio pode pegar. Por pouco não me meti na conversa. Um impulso quase incontrolável. O ser humano inventa cada crença... vô te contar... Imediatamente lembrei das várias vezes que vi minha mãe dormindo pelada na cama, nas noites quentes de verão, o mesmo hábito que também tenho e acredito que deve ser seguido por boa parte da população nordestina. Não é moleza viver eternamente no calor - a temperatura mínima registrada em Salvador, em 2008, foi 21 graus. Dá pra você? A gente fica pelado mesmo. Ora...
No minuto seguinte, imaginei meu anjo da guarda velando meu sono com os olhos tapados, tropeçando nos objetos do quarto. Comecei a rir sozinha, em pé, na fila. Pois sei que se é pra não me ver pelada, a noite, ele deve colocar vendas. Porque de perto de mim tenho certeza que ele nunca sai. Ontem mesmo, tinha marcado de encontrar uma amiga numa lanchonete depois da academia. Quando terminei os exercícios e entrei no carro, me deu uma vontade assim, do nada, e de repente, de ir para casa, embora não tivesse outro comprimisso nem me sentia cansada. Peguei o telefone e remarcamos o encontro pra outra hora. Quando cheguei em casa, me deparei com uma surpresa quase trágica. A bóia do tanque havia quebrado. O tanque começou a transbordar e por pouco não inundou o meu apartamento e o do vizinho. Cheguei a tempo para fechar a transmissão. E dei um pouco mais de risada sozinha ao lembrar dos anjinhos barrocos, todos peladinhos, corpinho rebuscado de neném gorducho, volitando perto de nós peladíssimos. Desde quando anjo usa roupa? Nem tem sexo. Foi assim que aprendi... E os querubins, os cupidos? Um charme, sempre de bundinha de fora. Tsc...tsc...

Marcadores:

6 Comentários:

Anonymous Dorotéia disse...

Inveja...
Vai dormir pelada aqui nesse inverno polar! aiai

21.7.09  
Blogger tássia disse...

Este comentário foi removido pelo autor.

21.7.09  
Blogger denis rivera disse...

Minha mãe também usava MEU anjo da guarda a favor. DELA. Na hora de dormir, eu já na cama, ela dava aquela geral e soltava: "O ANJO DA GUARDA NÃO ABENÇOA QUEM DORME DE PÉ SUJO." E lá saía eu da cama pra lavar os pés... Até hoje não gosto de sapatos e vivo descalça, e até hoje, quando deito de pé sujo [e juro que deito] me vem uma dúvida entre levantar e lavar os pés ou não. Mas antes da minha primeira viagem ao exterior, minha mãe me deu uma medalhinha de anjo da guarda pra me guardar na viagem. Uso em todas. E meu irmão também teve a dele usada no pescoço desde menino até bem pouco tempo [foi roubada num assalto]. Quanto a dormir nua, acho que é mesmo coisa de nordestino. Só aprendi depois que vim morar na Bahia!

21.7.09  
Blogger Carminha disse...

MININA! Você descobriu: Deus é brasileiro e os anjos são nordestinos!

21.7.09  
Anonymous a repórti disse...

[risos]

22.7.09  
Blogger Aline Virtus disse...

Muito engraçada a história de Denis.

Nunca pensei em nada disso do texto da Reporti... só rezava pro anjo da guarda antes de dormir e sabia o nome dele/dela pela minha data de nascimento desde muito tempo atrás. Nada mais. :)

23.7.09  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial












A chic é Rosana
Não usa pretinho
pra não dar pinta





Denis
coluna tranqüila
e coração ereto






Tássia
pin up e lambe-lambe
Lambe cria






Dorotéia
só escreve em italic







Paula Bolzan






Nívea Bona
Marca compasso
Vem pro abraço






Marina Victal
Mineira apresenta armas
Espada em punho








Melhores de 2008
Em 2009 eu vou...
Melhores de 2009
Em 2010 eu vou...
Melhores de 2010
Em 2011 eu vou...
Melhores de 2011
Em 2012 eu vou...
Melhores de 2012
Em 2013 eu vou...
Enviado Divino
Meu Primeiro Professor









    I Clichê


    II Clichê


    III Clichê


    IV Clichê


    V Clichê


    VI Clichê




      Assinar
      Postagens [Atom]