segunda-feira, 27 de julho de 2009

911 EU BLOGUEIRA. BLOGUEIRA EU?

Porque a gente tem um blog? Vaidade. Se eu não fosse vaidosa tava escrevendo trancada dentro do quarto, numa folha de papel qualquer que depois seria amassada e jogada no lixo ou na melhor das hipóteses seria queimada em um ritual xamânico numa fogueira em noite de lua cheia. A gente também poderia fazer como uma pessoa que conheço, e guardar as agendas do ano. Feitas como diário. Mas tem blog. Eu tenho montes deles. Alguns até sei pra quê. O primeiro não tenho mais. Uma pena. A Maria Dolores - Lola para os amigos [não tenho idéia de como posso fazer - se posso - o resgate da dita - alguém ajuda?]. Uma simpática, inteligente, crítica e bem humorada empregada “do bem”. O objetivo era claro: escrever todo dia pra treinar... para escrever um livro. Mas a Lola só não deu certo pra isso, porque no mais a Lola me ensinou muito. Vi tanto preconceito, tanta injustiça, tanta mentira! Eu [a Lola] visitava muitos blogs e em todos deixava comentários. Dizia que eu [a Lola] era uma empregada doméstica – de patrões maravilhosos – e que estava começando no mundo do computador. Simples. Ninguém respondia. Ninguém. As 2 exceções confirmam a regra. Respondeu um escritor conhecido e reconhecido – o que me deixou morta de vergonha e sem coragem de dizer pra ele que ela – a Lola – não existia de carne e osso – e um casal de Curitiba pra quem eu perguntei nos comentários que mulheres esquisitas eram aquelas que eles usavam no título do blog. Pois eles responderam que eram pin ups e me explicaram da forma mais simples e gentil do mundo o que eram pin ups. Os outros tantos autores de blogs, todos que vocês podem imaginar inclusive alguns de vocês, ignoraram a empregada doméstica. Exceção feita a quem sabia quem era a Lola. Mas minha paixão por blogs só cresceu. E só quem não tem um blog – um bom blog – é que acha que é mole ter um. E tome-lhe o povo a criar blog e a largar blog. Por outro lado, tome-lhe blog a ganhar força, prestígio e credibilidade. No Brasil boa parte disso se deve a Noblat, ca-la-ro – que já dono de um verdadeiro Portal insistia em chamar o espaço de blog, e cunhou [eita palavrinha nojenta] uma nova definição de blog – Blog passou a ser o espaço que permite comentários. A tal famosa interatividade. E Noblat - no conglomerado Globo - é blog até hoje. Mas daí, fiz trocentos blogs. Ainda não contei quantos. Depois conto. Fiz escondido do dono [a] e depois dei de presente. Fiz de encomenda. Mudei. Transformei. Os amigos ajudavam. Me ensinavam. Me ensinam até hoje. Lucas [alguém aí tem o endereço do blog dele?], Bito, Tássia, e Lászlo principalmente. Sabe aquele texto: “conheci gente maravilhosa na net”. Verdade. Pouca gente... mas conheci. A Ticcia – deslumbrante. O Calexico - jóia rara. A Nina - Parceirinha Divina que vive nos abandonando. E veio A Repórti. A Dorotéia. A Gordalouca. A Sandra Eks [alguém aí tem o endereço do blog dela?]. Veio o Baianando. Quase quase cresceu. E o último até agora o meu [não necessariamente nessa ordem]. Denis Rivera. Tem três textos. Porque... o post deveria começar aqui: Há uma certa covardia em quem escreve blog. Uma certa feladaputice mesmo. Claro que não em todo mundo. Mas blogueiro, que no blog não tem patrão, não tem mando, se patrozina [inventada agora]. Deve ser o vício mas ele se policia, se auto censura, não se joga na liberdade que tem. Tem medo porque o patrão verdadeiro, o que paga o salário dele, pode descobrir e pode reprimir [e a menos que vc seja o Ricardo Kotsho ele vai mesmo fazer isso]. Tem medo porque, se começa a atirar pra tudo que é lado e dá certo e o blog fica famoso, ele pode não conseguir nunca um emprego - afinal falou mal de todo mundo e verdade é sempre confundida com falar mal - Ou ao contrário, conseguir um emprego logo, como a Juliana Cunha, que tinha o blog mais sincero que eu já vi na Bahia e logo logo Mário Kértesz deu emprego pra moça – antes que sobrasse demais pra ele. Ele próprio, dono do conglomerado Metrópole, tem um blog. E assim vamos nós, tendo a disposição esse veículo de comunicação deslumbrante, alcance imediato inacreditável – um monge, em um monastério no Butão pode estar lendo isso agora – alguém no Alaska também e outro alguém em um gabinete anexo ao da Presidência da República – e, por incrível que pareça, tendo receio disso. Segunda parte: Criamos personagens pra escrever o que não podemos, não devemos, não queremos etc.etc.etc. Mas ó! A jornalista fotógrafa com uma bela experiência Tássia Novaes escrever sobre uma coisa é uma coisa. Lola escrever sobre a mesma coisa é outra coisa - provavelmente coisa alguma. Rosana Zucolo com um currículo acadêmico invejável [na Plataforma Lattes o dela é moooito maior do que o do Galvão Bueno, moooito maior do que o da Ministra e não tem nada inventado] emitir o ponto de vista dela é uma coisa. A Gordalouca emitindo o ponto de vista dela sobre o mesmo assunto vai ser praticamente ignorada. Pelo menos pelos magros. Me peguei pensando nisso e nos discursos cheios de senso de justiça, de ética, de política social justa que a gente faz [eu pelo menos faço] nas rodinhas de amigos. Mas ó! Temos um espaço pra dizer isso. Com voz suficiente pra sermos ouvidas. Pra dizer o que a gente sabe ser a verdade. Sabe por que viu, ouviu de corpo presente. Foi testemunha ocular. Tem até foto do fato. E não usamos o blog pra mostrar – digamos – esse lado. Sabe aquele post que eu fiz sobre me sentir idiota quando vejo o Jornal Nacional? [que não tem blog]. Então. Não quero mais me sentir assim. Até porque... . Estou desempregada. Tenho mais de 50, um gato branco de quatro patas e um solitário de brilhante. Sou honesta, trabalhadora, faço tricô, crochê, bolsas e jóias exclusivas. Toco piano. Sou budista com muito esforço. Tenho poucos amigos de todos os tipos e todos com um mesmo tipo: perfeitos. Órfã. Um irmão, um mano super amado com nome de cientista. Tenho um diploma de Psicóloga há 27 anos e sou Jornalista há 32. Tenho um blog. http://www.denisrivera.blogspot.com/ onde a partir de hoje escreverei sempre. E "Se você é capaz de tremer de indignação cada vez que se comete uma injustiça no mundo, então somos companheiros" [Che]. E assim finalmente, fiz meu perfil pra este blog.

Marcadores:

4 Comentários:

Anonymous Rosana disse...

Esteja lá e cá!!!
Concordo com tudo o que dissestes, mas óh, vamos perder o medo???
besos helados con coración caliente.
Te mandare email.

27.7.09  
Blogger Roberta Fauth disse...

Guria... 'feladaputice' eu achei ótimo, e... me identifiquei com esse parágrafo, específicamente (ou feladaputiceamente?), hehe!
beijo!

27.7.09  
Anonymous Cassiano disse...

Olá Denis! Acabei de ler este teu texto e te digo: finalmente algo teu aqui neste blog que lembrou aquela figura cativante com a qual convivi de forma breve mas marcante naqueles idos de 2003 na FSBA! Muito Legal!!!Vi também que mencionas o "meu filho" Lucas.Pois bem, ele não tem site, mas tenho o e-mail dele..coincidentemente ontem, conversei com ele,via MSN, sobre o paradeiro destes que citastes e também de outros ex-alunos de lá. Como faço para repassar a vc?
Abs do Cassiano, direto do Estado onde a "Dama de Ferro" Yeda, impera!!!

30.7.09  
Blogger denis rivera disse...

Bom... na verdade ainda não sei se te xingo ou te agradeço, porque ainda não sei se vc me fez um elogio ou uma crítica... Acho que as duas coisas !!!! MAS QUELIDO!!! QUE BOM SABER DE TI !!! Tens o e-mail da Rozana Zucolo? Senão, escreve pra nossa estagiária, A Amélia, clicando ali no lado que ela te encaminha pra mim. E não some tá?
Bzs
- Saudades... ô saudades...de ti e de todos.

31.7.09  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial












A chic é Rosana
Não usa pretinho
pra não dar pinta





Denis
coluna tranqüila
e coração ereto






Tássia
pin up e lambe-lambe
Lambe cria






Dorotéia
só escreve em italic







Paula Bolzan






Nívea Bona
Marca compasso
Vem pro abraço






Marina Victal
Mineira apresenta armas
Espada em punho








Melhores de 2008
Em 2009 eu vou...
Melhores de 2009
Em 2010 eu vou...
Melhores de 2010
Em 2011 eu vou...
Melhores de 2011
Em 2012 eu vou...
Melhores de 2012
Em 2013 eu vou...
Enviado Divino
Meu Primeiro Professor









    I Clichê


    II Clichê


    III Clichê


    IV Clichê


    V Clichê


    VI Clichê




      Assinar
      Postagens [Atom]